As séries de período de guerra mais bacanas no Netflix

Não é nenhuma novidade que sou uma devoradora voraz de séries, especialmente quando elas são de época. É uma temática que me chama muito a atenção especialmente pelo dia a dia dos personagens, moda, arte e história envolvidos.

Nos últimos anos pude assistir algumas e gostaria de compartilhar com vocês as minhas favoritas e que me inspiraram ainda mais sobre o mundo retrô/vintage, mas também compartilham histórias interessantes.

 

O tempo entre costuras

(1936-1942 | Guerra Civil Espanhola, Segunda Guerra Mundial | 1 Temporada)

Como uma adaptação do livro de Maria Dueñas, a série tem como personagem principal Sira Quiroga, uma modelista espanhola que foge de seu noivo e mãe em Madri para viver uma aventura romântica em Tânger, no Marrocos.
Tendo que acertar uma dívida e sobreviver em um país totalmente desconhecido, abre um ateliê que mais tarde torna-se referência de alta costura e sucesso entre os nazistas. Possuindo clientes poderosas do regime fascista, foi obriga a ficar sobre custódia da embaixada espanhola até que a guerra civil em seu país terminasse, fazendo com que ela se tornasse uma peça-chave na luta contra o fascismo europeu.

Por que assistir?

O que brilha aos olhos é a evolução pessoal de Sira se transformando de menina a uma poderosa mulher, e seu estilo evolui a medida que a personagem ganha força. Novos tecidos, cortes, técnicas de tingimento, peles e muitos acessórios fazem parte de tudo isso.

 

Land girls

(1942 | Segunda Guerra Mundial | 3 Temporadas)

A história gira em torno de Nancy, Joyce, Annie e Bea, que ao despontar da Segunda Guerra Mundial precisam sair de suas casas se juntarem ao Women’s Land Army (WLA), organização inglesa e posteriormente americana criada durante a Primeira e Segunda Guerras Mundiais para que as mulheres pudessem contribuir na agricultura, substituindo os homens que foram convocados para servir ao país. As mulheres da WLA eram comumente chamadas de Land Girls.

Por que assistir?

É um drama bem leve e fácil de assistir, deixando bem explícito costumes da época, assim como o atraso de ideias, o que nos faz refletir como hoje as coisas são mais simples e temos liberdade. Connie Carter, uma das personagens traz também burburinho na fazenda por ser uma garota mais vivida. Há referências de músicas do período, como Andrews Sisters.

 

Tempos de guerra

(1921-1927 | Guerra do Rife | 1 Temporada)

Fugindo um pouco da temática usual de Segunda Guerra Mundial, a série fala sobre a Guerra do Rife, conflito entre o poder colonial espanhol e povo berbere na região montanhosa do Rife, no Marrocos. A trama gira em volta das enfermeiras que deixaram Madri por ordem da Rainha Vitória Eugênia para irem ao “front” marroquino e fazer funcionar um hospital da Cruz Vermelha em uma antiga escola.
Julia Ballester (foto em destaque da matéria) é a personagem principal, que foi atrás de seu noivo, mas acaba se apaixonando por um dos médicos do hospital. Com seu noivo dado como morto, abre seu coração a uma nova possibilidade de amar, mas ela não contava que seu noivo estaria vivo e o médico prometido a uma das mulheres importantes da sociedade espanhola.

Por que assistir?

Particularmente, foi uma das séries que mais mostraram uma guerra sem seu lado romântico e sim totalmente brutal, por mais que a trama tenha seus momentos dramáticos entre casais. Superação pessoal, insistência no amor e a vontade de salvar vidas é um grande atrativo da série.

 

The Crown

(1947-1964 | Realeza Britânica, Segunda Guerra Mundial | 2 Temporadas)

Uma das séries mais faladas nos últimos anos é The Crown, que traça a vida da Rainha Elizabeth II a partir de seu casamento em 1947 e seus primeiros anos como Rainha da Inglaterra após a morte de seu pai, Rei George VI. É bem interessante historicamente, porque mostra de uma maneira divertida como funciona um parlamento, especialmente como as decisões são tomadas e apoiadas (ou não) pela coroa, principalmente como Winston Churchill movimentava opiniões, ainda mais ajudando a Inglaterra a ganhar a Segunda Guerra Mundial.

 

Por que assistir?

Claro que de uma forma muito romântica, a série mostra os conflitos internos da rainha e a maneira como muda as tradições da coroa britânica para aproximar-se do povo.
A evolução do estilo da rainha Elizabeth e da princesa Margareth, especialmente os suntuosos vestidos de festa dos anos 50 saltam aos olhos, além de toda a temática real e quase divina dos integrantes da família, que causam até hoje muita comoção no mundo ocidental.

 

Mr. Selfridge

(1908-1928 | Primeira Guerra Mundial | 4 Temporadas)

Esta foi uma das séries mais legais que assisti nos últimos tempos, porque seu roteiro é muito bem escrito, dando um andamento interessante à história de Harry Gordon Selfridge, o magnata americano que mudou-se para Londres e fundou uma das maiores lojas de departamento do mundo que existe até hoje, a Selfridge & Co.
A série é cheia de reviravoltas, onde Harry Selfridge luta diariamente com sua vida de luxos e adultério, e ainda assim tendo que governar seu próprio império, família e adversidades do país. Os personagens também são interessantes, ainda mais quando a Primeira Guerra Mundial faz com que as mulheres passem a representar um papel importante na sociedade.

Por que assistir?

Harry Selfridge é considerado um dos empresários mais visionários do mundo, ainda mais por possuir raízes simples, acreditava no trabalho duro e nas pessoas, em particular nas mulheres no mercado de trabalho e no setor de beleza, algo muito mal visto no começo do século passado.
Frases como “O cliente tem sempre razão”, “O chefe inspira medo, o líder inspira entusiasmo” e outras que são consideradas clássicos do varejo são de sua autoria. Sua ousadia em publicidade também foi um grande marco para a época, criando padrões para vendas que são usados até hoje.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s